NOTÍCIAS

Unidos pela fé. O que juntou Tony Carreira e Fátima Lopes numa peregrinação interior e jornada emocionante

Cansado, grato, com a barba por fazer, olhos razos de lágrimas, despojado de toda a materialidade, entregue só à fé. À fé que o tem salvo. Assim se mostrou Tony Carreira, sem vergonhas, ele próprio, um como qualquer outro peregrino que caminha para Fátima, estrada fora, para agradecer, rezar, pedir. Para se sentir mais perto. Desta vez - foi a primeira vez que ali foi a pé, deixou-se fotografarpara as redes sociais da sua "cicerone" e companheira de jornada e para ele próprio. Partilhou alguma coisa do que ali viveu, como viveu, por agradecimento também aos fãs que querem saber dele e em momento algum o abandonam. Tal como a fé são o que o mantém vivo e com forças para continuar. 
A explicação do porquê estar ali foi dada nas redes sociais pelo próprio Tony. "Sempre tive muita fé na Nossa Senhora de Fátima mas nunca fui como peregrino. A minha querida amiga Fátima Lopes, que tem o coração do tamanho do mundo, ajudou-me muito nesta viagem. Eternamente grato". 
De onde vem esta amizade que leva apresentadora e cantor a caminharem lado a lado num ato de fé? Não é recente mas tem vindo a acentuar-se. Recorde-se que foi Fátima Lopes a apresentadora da Gala da Fundação Sara Carreira, na SIC - que, aliás, marcou o regresso da estrela àquela estação. 
 

Comentários